Europa

Como se parece em Lisboa?

Eu vivi em Lisboa por quase meio ano e isso me surpreendeu todos os dias. No começo foi difícil para mim entender essa cidade e ver sua beleza, mas no final ela conseguiu e eu tenho essa beleza para você, reunida em três rotas pela cidade. O guia não só lhe dirá o que ver em Lisboa, mas também como sentir a sua atmosfera única. Divirta-se!

Onde (na minha opinião) vale a pena viver em Lisboa?

Na minha opinião, o centro de Lisboa é muito pobre para alojamento, hotéis baratos são muito má qualidade lá. Eu moraria em Belém e viajaria, ou estaria em algum lugar no caminho entre a cidade e Bel. Alternativamente, se precisar, sugiro Santo Antonio, Campo Pequeno. Esta é uma opinião subjetiva;)

Tempo em Lisboa
Em Portugal é geralmente mais frio que na Espanha ou na Itália. Lisboa não está diretamente no oceano, mas está exposta ao humor da "grande água", a natação é agradável somente de meados de junho a setembro. Em Lisboa, há muitos dias nublados e frios, especialmente à noite, você deve se lembrar de uma cobertura quente. Mas nunca está muito frio lá, ninguém ouviu falar da neve; quando está frio na Polónia, Lisboa é agradável e gentil.

Muito sobre o tempo que escrevi aqui, no post sobre a embalagem para Portugal.

Movendo-se por Lisboa
Pack alguns sapatos decentes! Lisboa está nas colinas altas e caminhar ao redor deles pode abraçar turistas, você precisa de uma boa condição para esta cidade. Eu não recomendo, infelizmente, pessoas com crianças pequenas em um carrinho de criança em Lisboa, é claro, mas a turnê será um tormento. Eu prefiro sugerir uma pequena cidade à beira-mar, perto de Lisboa + algumas viagens curtas para a cidade.

Escrevi extensivamente aqui sobre os detalhes de se deslocar por Lisboa, transportes públicos, etc.

Comida em Lisboa
Os pubs recomendados em Lisboa já criaram dois grandes posts (nos quais você também aprenderá muito sobre comida portuguesa e as regras em restaurantes), eu também marquei os lugares recomendados no mapa no guia abaixo.

O QUE VER EM LISBOA
Vamos começar com uma coisa: Lisboa não é "passear". As cidades costumam ter uma lista de lugares e monumentos marcados no mapa. Em Lisboa não funcionará e, se completarmos os monumentos um a um, ficaremos muito desapontados, por isso, nenhuma atração nas seguintes rotas não é obrigatória. Depois de Lisboa, ele caminha, caminha e vaga. Wazi corajosamente nos becos, fica em bares onde eles não falam inglês, procurando por "suas" ruas, parques, bancos. Esta é a cidade de Lisboa que você gosta, outra licença nas páginas dos guias e nas prateleiras dos museus. Vamos!

Rota: Lisboa
Começamos com o mais "clássico", isto é, a Praça do Comércio. Uma vez havia um palácio real português neste lugar, mas foi completamente destruído no terremoto em 1755. Enquanto caminhamos por Lisboa, muitas vezes lembramos este acontecimento trágico porque afetou significativamente toda a cidade. No meio da Praça do Comércio há um monumento ao rei Józef I, apenas no dia em que ocorreu o terremoto.

Vamos olhar ao redor da praça, sob as arcadas dos edifícios, ao longo do rio. Depois vamos para baixo do grande arco triunfal no alto da Praça do Comércio, na Rua Augusta. Como se o que, você pode entrar no topo deste arco!

A Rua Augusta e a Praça do Rossio são o centro da cidade, onde há muitos bares, lojas e outras coisas que interessam aos turistas, enquanto nos voltamos à direita depois da curva para a direita, porque hoje está planeado Alfama! E como Saint Antoni nasceu neste distrito, é a nossa igreja que é dirigida primeiro. Antoni é o patrono dos noivos em Portugal, por isso, todos os anos, no dia da sua morte, no dia 13 de Julho, os casamentos em massa acontecem na igreja, porque traz felicidade para os casais jovens. Naquela época em Alfama há também uma grande festa em homenagem a Antoni, é necessário vê-lo! Se a época é diferente, vale a pena experimentar a tradição lisboeta: a escultura de Santo António está em frente da igreja, colocamos uma moeda no livro que ele guarda e se tivermos sucesso - prosperaremos no amor.

Atrás da igreja de Antoni ergue-se a Sé Catedral de Lisboa, construída no local de uma mesquita anterior. Portugal até o século 13 foi ocupado pelos mouros e até agora podemos encontrar alguns vestígios de suas atividades. Perto da catedral há um bonde amarelo pitoresco número 28 - é calmo, o tempo virá ....